[YUUSFERA] Cheguei aos 20 anos!

Olá queridos leitores!

Hoje é meu aniversário de 20 anos, o que faz de mim uma oficialmente adulta. Eu estava super empolgada pro mês de outubro e pensando em fazer um mega especial, mas infelizmente vou ter que diminuir os planos. Eu queria postar durante todo o mês de outubro com conteúdo especial, porém, eu decidi apenas disponibilizar alguns layouts e apresentar um quadro novo: YUUSFERA.

Aviso de antemão: eu vou postar os layouts frees durante a semana e não aqui nessa postagem, certo? É pra conseguir manter a organização. Eu fiz dois, bem simples, que na verdade eu ia usar mas acabei desistindo. Ou seja, eu caprichei um pouco mais do que os outros dois que já coloquei aqui (vergonha deles, inclusive).

Para o post de hoje, eu resolvi inaugurar um quadro que há muito tempo tenho pensado em criar para trazer textos mais pessoais, como na blogosfera que eu conheci antes de entrar. Mas afinal, o que signfica Yuusfera?


Existe um termo que eu acho incrível que é NOOSFERA, e basicamente se refere ao mundo dos pensamentos. Eu li sobre isso uma vez enquanto tentava entender porque nos referíamos ao "universo" dos blogs como blogosfera. Tem um significado muito grande e bem interessante, mas foquemos em pensamentos.

Quando eu conheci a blogosfera eu tinha em torno de 10 anos, adorava ler revistas teens e nelas se falavam muito sobre os blogueiros. O que era surpreendente pra mim é que as pessoas podiam conversar sobre suas vidas, desabafarem, compartilharem gostos e serem lidas e respondidas.

Quase como enviar uma carta sem remetente e receber uma carta resposta, e é exatamente assim que a blogosfera funciona. Você escreve algo e não tem a menor ideia de até onde aquelas palavras vão ir, para que direção e em quem aquelas palavras tocarão. E vez ou outra surgem respostas, geralmente, caprichadas de carinho e é isso que torna blogar ser maravilhoso.

Eu sempre achei fascinante e almejava muito isso. Eu e minha personalidade INFP-T (introversão, intuição, emoção e percepção, tipo Turbulento) nos sentíamos incompreendidos, era difícil encontrar pessoas que entendessem nossa profundidade e nossos gostos, a blogosfera era uma maneira de esquecer a solidão rotineira nesses aspectos.

O que fez com que eu demorasse alguns anos pra tornar isso possível não foi a idade, mas as condições financeiras. Sou de família simples, mãe professora (do estado, que está parcelando e pagando em merrecas nos últimos tempos), pai pintor, casa de aluguel e muitos impostos. No início da nossa vida como família passamos por dificuldades financeiras. Isso melhorou quando eu tinha 8 anos, quando fomos morar numa casa própria. Ainda assim, um computador, internet, eram coisas muito caras para o nosso orçamento. Video-game, então....

Tive que esperar os 13 anos pra ganhar um computador e 14 pra ganhar a internet. Foi quando eu entrei pra blogosfera, vivia afundada em pesquisas e livros, escrevia até quando não tinha mais ideias. E foi quando postagens pessoais pareciam cada vez mais escassas, o que me fez entrar em pânico, confesso. Eu postava minhas escritas e ideias, mas parecia ultrapassado e eu me sentia deprimida. Eu demorei um tempo, anos, até conseguir encontrar um formato e uma filosofia que me fizesse pensar "caramba, alcancei meu objetivo" que era tornar pessoal mesmo quando eu não estivesse falando propriamente de mim.

Meus amigos na blogosfera tem postagens onde contam um pouco de si, dos seus gostos e tudo de uma maneira bem única: PESSOAL. Eu tenho amor por essa palavra. Eu tenho amor pela blogosfera e pelo o que ela significa, um mundo de ideias pessoais e tudo isso on-line. Acho que essa ideia de poder falar um pouco de si, um devaneio que seja, é algo que não se deve desperdiçar. Está com vontade? Escreva. Vai ser feliz, pronto.

Por isso criei o Yuusfera, O Mundo de Pensamentos da Yuu. Eu não sei de quanto em quanto tempo eu vou postar nesse quadro, se deixar, postarei todos os fins de semana. Afinal, quem não gosta de desabafar e dar aquela viajada nos pensamentos, não é? Eu adoro.

20 anos e a famosa crise existencial

Eu passei a vida inteira estudando e achando que sabia exatamente o que queria fazer da vida. Escrever, parecia óbvio. Aí fui mudando e mudando, afinal, tinham muitas coisas a se considerar. Minha timidez, meu jeito quieto, o lado paciente, coisas muito além de gostos. Assim cheguei na Ciência da Computação, mas parece faltar algo.

Eu amo o curso, mas não conseguir interagir com as pessoas é doloroso e me faz ser bem solitária. Eu sinto e não sinto entusiasmo, então vivo com a vontade de aprender e o desânimo de tentar o tempo todo. Já perdi provas e trabalhos por isso. Sinto que eu prefiro mil vezes o meu quarto e o meu computador, do que ter de enfrentar as pessoas na rua e na faculdade e não conseguir conversar com ninguém.

Entro num lapso de "e se's", e ninguém me tira da montanha russa que se transforma a minha mente. De uma suposição positiva para uma negativa, e vice-versa, vou suando frio e ficando cada vez mais fechada. E em nenhum momento consigo uma resposta coerente para a minha dificuldade de interagir, me faz ansiosa quase o tempo todo. É normal se sentir ansioso de vez em quando, mas é problemático quando é com uma frequência esgotante.

Como consequência, acabei me afastando de amigos, conhecidos, familiares e tenho contato com um número baixo de pessoas que, eu realmente preciso dizer isso, me procuram e não o contrário. Eu não chamo ninguém, não sei se quero ajuda ou sei lá. As pessoas que vem até mim são as que eu converso, e saio, e me divirto.

Eu sinto que o quanto eu puder evitar contato com as outras pessoas vou me sentir menos frustrada. É porque é como se eu estivesse estagnada, enquanto há pessoas que já fizeram grandes coisas. Eu não sei se estou fazendo a coisa certa e não sei o que seria o certo. É complicado. Isso me fez pensar que talvez eu devesse apenas desistir.

"Por que ainda estou viva? Quais minhas razões? Talvez se eu apagar as coisas se resolvam, não?" são questionamentos muito comuns em meio às crises. E antes que interpretem errado, em nenhum momento eu disse que me sinto sozinha. Não é verdade, afinal, ainda existem pessoas comigo e que me procuram mesmo que eu tenha o dom de evaporar.

Eu me sinto angustiada e sem respostas, é sufocante. Eu tenho apenas 20 anos, mas sinto como se eu tivesse que saber exatamente tudo o que vem pela frente, o que vou estar fazendo daqui a um ano e assim por diante. Embora eu perceba que não tem necessidade, porque eu só tenho 20 f***ing anos, não consigo conter a ânsia de ter certeza sobre isso. Tem que acontecer tudo perfeito, ou quase, é o que sinto. Se eu souber tudo com certeza sobre o futuro, no agora vou me sentir mais confiante. Isso nem tem lógica, pra começo de conversa. Como eu vou saber sobre algo que ainda não aconteceu? É tão desgraçada a minha mente que, percebam, eu sei que isso não tem lógica mas isso continua a ser meu sentimento.

Embora eu tenha vontade de desistir eu penso nas coisas boas, porque mesmo que eu esteja em colapso de vez em quando, coisas boas acontecem. Meus amigos, embora muitos eu tenha deixado ir e gostem de falar mal de mim, estão comigo e me fazem feliz mesmo que não estejam comigo o tempo todo. Minha família, a proximidade que tenho tido com a minha mãe. Meus projetos, meu blog. Ainda tem coisas boas e se eu consigo perceber e me importar com elas, então não vou desistir.

O que acontece aqui é, eu sou uma adulta que não sabe lhufas do que está fazendo, não tem certezas, vive com medo. Embora seja assustador para uma ex- rebelde sem causa, talvez eu esteja me tornando uma autêntica adulta.



.//the-end

Ficou enorme? Um pouco. Eu não vou escrever tanto assim no futuro, talvez eu divida em tópicos, vai ser mais inteligente. Eu tentei falar um pouco sobre como eu me sinto e explicar que ainda que eu me sinta dessa forma eu ainda estou... bem, mesmo que de uma forma meio torta uadhueh~

Não se preocupem comigo, eu quis desabafar mesmo. Muito obrigada pelo carinho pessoal, nos vemos durante a semana!

QUE A FORÇA ESTEJA COM TODOS.

Follow my blog with Bloglovin
17 Comentários Blogger
Comentários Facebook

17 comentários:

  1. Ooi, Yuu!

    Ai, ai. Eu demorei MUITO pra vir comentar aqui no seu blog, então me desculpe por não ter aparecido nas últimas postagens, embora eu tenha lido a maioria. Espero que eu consiga comentar com mais frequência agora, apesar de o tempo estar meio apertado.

    Sabe que eu adorei esse tema pixelado do seu layout? Achei muito criativo e o header é tão lindo, achei que combinou bastante com o blog. <3

    Enfim! Primeiro de tudo: PARABÉNS! Não sei por que, mas na minha opinião outubro é um mês ótimo pra fazer aniversário (deve ser porque é o mês do Halloween e dá pra fazer festas associando esse tema hasuahsuhas). E bem-vinda à casa dos 20? hahahaha A casa dos que não são nem adultos, nem adolescentes; não sabem se vão pra frente, pra trás, pra um lado ou pro outro; não querem ficar parados, mas não sabem pra onde ir. Claro que tem gente com mais sorte que não tem esses problemas, mas eu te entendo sobre a crise existencial e sobre não ter muita certeza do que está fazendo. E claro que cada mente funciona de um jeito e cada pessoa tem suas próprias experiências, mas consigo entender esse sentimento.

    Acho que já tinha ouvido falar desse termo Noosfera, mas não sabia que era essa a origem da palavra blogosfera, veja só que interessante! E adorei saber da sua história com ela, de certa forma me identifiquei com alguns pontos (também tinha uns 10 anos quando comecei a entrar nesse mundo e uns 12 quando comecei a escrever em blogs e também penso o mesmo sobre a palavra "pessoal").

    Eu fico muito feliz de ver que, apesar da confusão e das incertezas, você não se sente solitária e se lembra das coisas boas - afinal, elas sempre existem, sempre estão aí num pedacinho do nosso dia a dia. Eu espero de verdade que você consiga seguir com o curso e se lembrando das coisas positivas. <3

    Beijo e ótima semana, Yuu! ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helo <3

      Ah, tudo bem! Eu tenho que voltar a me situar na blogosfera também, porque eu tenho postado bastante, mas lido pouco o feed de postagens aqui do blogger.
      Obrigada! Eu tenho me esforçado pra criar uma identidade pro blog em layout, acho que esse tema combina comigo também <3

      Outubro é amor demais, tem o halloween, tem o dia das crianças, tem feriado, só tem coisa boa minha nossa! Pois é, finalmente na casa dos 20 auidheuh~ Pois é, eu lia muito sobre a crise dos 20 e achava que era piada, e aqui estou eu. Sorte daqueles que não passaram por esses sentimentos, é complicado.
      Eu adorei ler sobre o termo, e porque as pessoas relacionam à blogosfera, achei lindo. Acredito que muitas das pessoas que estão em blogs hoje começaram nessa margem de idade, né? Acho que é quando a gente começa a procurar maneiras de se expressar :3

      Obrigada Helo, espero que dê tudo certo no futuro e eu não tenha mais tantas dificuldades com os meus próprios pensamentos <3

      Beijos

      Excluir
  2. MAnO MEU COMENTAFIO SUMIU QUE ODIO

    ResponderExcluir
  3. Feliz aniversário Yuu! (≧▽≦)
    Nossa, me sinto da mesma forma em relação a Blogosfera, é muito importante pra mim, eu entrei quando eu tinha 8 anos, mal sabia mexer mas tinha um blog kkkkk :P
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mary YAY
      Aaaah caramba, 8 anos? Que daora idahuiaeh o legal dessa idade é que a gente tem mais paciência pra aprender, então deve ter sido divertido pra ti :3

      Beijos

      Excluir
  4. BROTEI

    FELIZ ANIVERSÁRIO YUU U.U

    SÓ ISSO MESMO PQ SOU FRACASSADA

    JAA NEE~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, fiz uma pequena surpresa para ti: https://imgur.com/2YjVttu

      Excluir
    2. Oi Ari!

      MUITO OBRIGADA, FICOU MUITO FOFO :3
      Vou colocar na página sobre mim, viu?

      Até mais!

      Excluir
  5. quero lhe desejar um feliz aniversário atrasado que todos os seus desejos se realizem, e que tenha uma boa semana, um bom início de ano (já estamos terminando 2017) e que continue sendo essa pessoa que tu és porque você é legal
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vick o/
      Muito obrigada!
      Te desejo o mesmo YAY

      Excluir
  6. Oooi, Yuu!!! Feliz aniversáriooo!!! (um tantinho atrasado, mas está valendo, certo?!)
    Ahhh, eu adorei esse novo quadro e sei que a gente tem que ter um pouco de coragem pra falar abertamente sobre como nos sentimos, porque é difícil de expressar realmente todos os sentimentos, mas tentar já alivia um pouco a carga. Eu vou te contar que quando eu tinha 19 anos eu vivia dizendo que não queria fazer 20. Minha mãe até me repreendeu por esse pensamento negativo e adentrei à casa dos vinte de forma simples e sem muito entusiasmo. Mas depois dos 20 as coisas começam a voar e a gente fica sim um pouco receoso... Os dias passam mais depressa e às vezes dá aquela impressão de que estamos ficando para trás, mas cada um tem o seu ritmo e o importante é nunca desistir (é clichê falar assim, mas é verdade uashuashusah). Quando a gente vai virando adulto, as responsabilidades vão chegando e a gente fica mesmo meio perdido, mas é o momento certo de nos encontrarmos em nós mesmos e descobrirmos muito mais coisas que vão nos impulsionar em direção à felicidade!
    20 anos é uma idade ótima! Espero que você possa curtir ao máximo, no seu ritmo, sendo feliz principalmente com você mesma!
    Tudo de ótimo pra você, menina!!! x*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi Lilah, muito obrigada!
      Pois é, tentar falar sobre tudo o que está dentro de nós é uma tarefa árdua, mas tentar é realmente um grande alívio. De alguma forma, eu não via a hora de fazer 20 anos porque eu me considerava adolescente ainda. Mas quanto mais perto dos 20 eu fui chegando mais desesperada eu fui ficando, pensava que não queria de maneira alguma, então acho que entendo o sentimento audieuah~
      PERDIDA: essa é a palavra! Do nada chove tantas responsabilidades, não é? Não tem como não se sentir afetada.
      Muito obrigada Lilah, tudo de ótimo pra ti também

      Excluir
  7. Doces ou Travessuras? *esse é pro EM*

    ResponderExcluir

🌜 Plágio é crime;
🌜 Evite desavenças;
🌜 Críticas construtivas são bem-vindas;
🌜 Quando não souber o que falar não fale nada;
🌜 Comente sobre a postagem, não apenas se auto-divulgue;
🌜 Tem blog? Deixe o link no final do comentário :3

Use sem espaços:
negrito: < b > texto < / b>
itálico: < i > texto < / i >
link: < a href = "l i n k a q u i" > texto < / a > mantendo espaço somente entre a e href.

.//Talk

Licença Creative Commons | Design e codificação por yuu | Yuuna Lua - Direitos reservados 2017© | voltar ao topo